Roupas de brechó: como acertar na compra?

roupas de brechó
4 minutos para ler
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Já pensou se vestir super bem, com roupas tendências, gastando pouco (pouco mesmo) e usando roupas de brechó? Acredite, é possível e está super em alta garimpar nos brechozinhos de bairro, Instagram e os grandes da internet.

A moda sustentável é um assunto que está cada vez mais sendo pautado no mundo fashion, isso por causa da conscientização de um consumo mais saudável, mas que já é comum há muitos anos. Com isso, brechó simples e brechó de luxo são comuns hoje no Brasil.

A venda e compra de produtos usados começou nas feitas ao arlivre chamado “Mercado das Pulgas” e começou na Europa, mais precisamente em Paris. A “Marché aux puces” vendia peças que não tinham um cuidado com a higiene e por isso desse nome, pois muitas roupas, calçados e acessórios eram infestados de pulgas.

As lojas, que conhecemos hoje como brechó, surgiram no século XIX e vendiam além de peças de vestuários, antiguidades, objetos, calçados, e outros produtos.

Durante e depois da Primeira e Segunda Guerra Mundial as roupas de brechó ficaram mais comuns devidos as crises, pois as pessoas não tinham dinheiro para comprar roupas, principalmente no inverno, e tinham os brechós como uma saída para comprarem casacos, calças e cobertores para se aquecerem.

Hoje os brechós são vistos com mais glamour e mais valorizados. No Brasil, há muitas lojas que investem na moda sustentável, bem como pessoas que sempre vendem alguns desapegos para esses negócios a preços bem baixos a partir de um realzinho.

Mas, fica a dúvida: como acertar nas compras de roupas de brechó? Quer saber como? Continue aqui para conferir cinco dicas para fazer looks incríves.

https://www.instagram.com/p/CLB_BJDhHkQ/?utm_source=ig_web_copy_link

Tenha tempo para ver todas as roupas de brechó

Comprar em brechó exige muito tempo, porque geralmente, esses lugares possuem um volume grande de peças de todos os estilos e tamanhos. Além disso, alguns brechós mais simples podem esconder peças muito valiosas que ficam escondidinhas ou mereçam que sejam provadas. Por isso, gaste um tempinho para conferir todas as roupas do brechó!

Analise se há defeitos na peça

Caso tenha uma peça que te interessou, analise de perto se há manchas, furos, rasgados, botões faltando ou algo do tipo. Mesmo que tenha, veja se é algo possível de concertar em casa ou com costureira, pois é comum que roupas de brechó necessitem de reparo.

Experimente ou veja as medidas

Assim como em lojas comuns de roupa, as roupas de brechó também precisam ser provadas. Por mais que seja uma peça barata, não vale à pena ficar na dúvida se irá servir ou não. Caso o brechó não tenha provador, pergunte se é possível experimentar em casa. Nem sempre uma peça cairá bem em você.

Tente negociar o preço

O bom do brechó é que os preços de cinco, dez, quinze reais permite sairmos com as sacolas cheias. Dependo do número de peças e o valor total, negocie o preço com a proprietária e mostre seu interesse em voltar ao local. Faça isso com bom senso, não desvalorize o trabalho árduo das brechozeiras, ok?

Pense como roupas de brechó com seus looks

Ao garimpar, lembre-se de peças que tem em seu armário e como as roupas do brechó podem combinar com as suas. Uma calça estampada que nunca usou pode combinar bem com um blazer creme do brechó por exemplo. Se achar melhor, leve as peças quando voltar ao brechó e experimente a combinação para ter certeza que acertou na montagem do look.

Não julgue o brechó, entre e garimpe

Já comprei jaqueta jeans da Levis por 30 reais em um brechó daqui da minha cidade, Betim, que ninguém dá nadinha por ele. Isso porque um dia eu parei meu carro e, curiosa que sou, entrei no brechó e saí de lá não só com uma jaqueta, mas com blazer. camisas, tudo em excelente estado. Não julgue o local, entre e descubra o que o brechó pode te oferecer.

Gostou das dicas de como comprar roupas de brechó? Aproveite e me siga no Instagram para aprender mais dicas como essa e me contar sua experiência com brechós.

Arrase, brechozeira!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×